Os mil encantos de Madrid

Os mil encantos de Madrid

Andrea Tissenbaum

16 Maio 2018 | 12h57

Madrid: Gran Via e Metrópolis | Foto: Álvaro Ibañez, via Flickr

Madrid: Gran Via e Metrópolis | Foto: Álvaro Ibañez, via Flickr

Cidade cosmopolita, com vida cultural intensa e ótimas oportunidades para quem quer estudar, Madrid é apaixonante. Vamos?

Capital e maior cidade da Espanha, Madrid é também a terceira cidade da União Europeia. Sua região metropolitana acolhe mais de 6,5 milhões de pessoas das mais diferentes nacionalidades.

Além de ser o lar oficial da monarquia espanhola, Madrid é o principal centro econômico, político, cultural e turístico do país. Cidade linda, efervescente, com uma culinária deliciosa e noites especialmente animadas, Madrid é uma festa!

Estive lá pela primeira vez aos 18 anos, em uma viagem que marcou o inicio de minha paixão pela arte. Nunca vou me esquecer da intensidade que senti ao ver a Guernica de Picasso e ao conhecer os trabalhos de Goya, um dos mais importantes pintores espanhóis. Anos mais tarde, voltei para visitar universidades e, uma vez mais, me encantei com a intensidade da cidade.

Madrid, Plaza Mayor | Foto: Dennis Jarvis, via Flickr

Madrid, Plaza Mayor | Foto: Dennis Jarvis, via Flickr

Em meados dos anos 70, com a morte do general Franco, Madrid floresceu. A Espanha, recém-saída de uma sangrenta ditadura, passou a viver uma pacífica democracia e a cidade experimentou o gosto da liberdade. A Movida Madridleña, movimento de contracultura, teve início nessa fase de transição. Foi uma revolução artística, irreverente e transgressora, encabeçada pelo cineasta Pedro Almodóvar, que mudou Madrid para sempre.

A rica história da cidade pode ser revisitada no Triângulo de Ouro da Arte, formado pelo Museu do Prado, o Museu Thyssen-Bornemisza e o Museu Rainha Sofia. Outras atrações imperdíveis são a Real Academia de Belas Artes de São Fernando, o Museu Arqueológico da Espanha e o Museu da América.

Para quem é fã de literatura, na Praça de Espanha há uma série de esculturas em homenagem ao autor do clássico Dom Quixote, Miguel de Cervantes. O Palácio Real, localizado ao lado da Catedral de la Almudena, casa oficial da família real, fica aberto à visitação o ano inteiro por € 10. Lugares como a Puerta del Sol, a Praça Maior, a Plaza de Colón, o Paseo de la Castellana e a Gran Vía, também devem ser visitados.

Catedral de la Almudena, Madrid | Foto: Luis García (Zaqarbal), via Wikimedia Commons

Catedral de la Almudena, Madrid | Foto: Luis García (Zaqarbal), via Wikimedia Commons

Se você prefere o verde e a tranquilidade, vai amar a Casa de Campo, o maior parque da Espanha. Outra ótima opção é o belo Parque do Bom Retiro. Se gosta de futebol, o Estádio Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid, um dos times mais fortes e importantes da Europa, é roteiro obrigatório. Aos domingos, caminhar pelo mercado de pulgas El Rastro, no bairro Embajadores é adoravel.

Há muito para fazer em Madrid e preencher o tempo ocioso não é difícil. A cidade realmente não descansa. Em minha segunda visita, uma amiga local me levou para conhecer a vida noturna. Os lugares sempre lotados e muito animados me fizeram entender a “pegada” Madridleña. E apesar da dureza de acordar no dia seguinte para trabalhar, a vida segue como se nada tivesse acontecido.

Fim de tarde em Madrid | Foto: Felipe Gabaldón, via Flickr

Fim de tarde em Madrid | Foto: Felipe Gabaldón, via Flickr

A Espanha tem crescido em popularidade como destino de estudo entre pessoas do mundo todo, inclusive brasileiros. Na pesquisa Selo Belta de 2017, o país apareceu em sétimo lugar como o destino preferido entre os nossos estudantes.

As principais universidades, ranqueadas entre as 200 melhores do mundo são a Universidad Autónoma de Madrid, a Universidad Complutense de Madrid, e a Universidad Carlos III de Madrid. Outras boas opções são a Universidad Politécnica de Madrid, Universidad Alfonso X El Sabio, Universidad Católica de San Antonio, Universidad San Pablo CEU, Universidad Rey Juan Carlos e a Universidad Antonio de Nebrija.

Universidad Autonoma de Madrid | Foto: Maximiliano Monterrubio, via Wikimedia Commons

Universidad Autonoma de Madrid | Foto: Maximiliano Monterrubio, via Wikimedia Commons

Apesar de oferecer diversas opções de cursos acadêmicos lecionados em inglês, a Espanha é o principal destino universitário de língua espanhola do mundo. O país também é o mais procurado por quem tem interesse de estudar espanhol.

Existem diferentes programas de bolsas de estudo para estudantes internacionais na Espanha, como o da Fundación Carolina que acontece anualmente. Um bom ponto de partida para a sua pesquisa é o site oficial dos programas do MAEC-AECID  – Ministério de Relações e Cooperação Internacionais e Agência Espanhola para Cooperação do Desenvolvimento Internacional.

Universidad Carlos III de Madrid | Foto: Antonio Tajuelo, via Wikimedia Commons

Universidad Carlos III de Madrid | Foto: Antonio Tajuelo, via Wikimedia Commons

A Espanha segue o Sistema de Transferência de Crédito Europeu (ECTS), em que um crédito equivale a 25 horas de estudo e um curso integral exige a conclusão de 60 créditos por ano universitário. Os cursos de graduação seguem o formato estabelecido pelo processo de Bolonha, com três anos de duração seguidos de mestrados de um ou dois anos.

Se você planeja ficar mais de três meses em Madrid e não tem passaporte europeu, vai precisar de um visto. Tenha em mente que um dos requisitos para conseguir um visto de estudante na Espanha é ter sido admitido ou já estar matriculado em uma universidade do país. A Espanha tem diversos consulados gerais e honorários no Brasil. Confira a lista AQUI.

Universidad Complutense de Madrid - UCM | Foto: Mark Healey, via Wikimedia Commons

Universidad Complutense de Madrid – UCM | Foto: Mark Healey, via Wikimedia Commons

O custo de vida em Madrid é bastante razoável, quando comparado a outras cidades europeias. Apesar dos aluguéis na cidade serem mais caros, existe a possibilidade de morar nos arredores ou nas acomodações universitárias e pagar um pouco menos. Não deixe de pesquisar suas opções de moradia antes de partir. Entre em contato com a sua universidade ou em sites especificamente voltados para isso.

Os serviços de transporte público são muito bons e variados. O Metrô de Madrid é uma das maiores redes do mundo, em extensão e número de estações. Estudantes de até 26 anos, podem adquirir o ticket mensal para jovens por € 20, válido para todas as linhas do serviço.

Calle Huertas, Madrid | Foto: Joan, via Flickr

Calle Huertas, Madrid | Foto: Joan, via Flickr

Durante os seus estudos, você poderá fazer passeios de um dia ou viagens de final de semana para outras regiões da Espanha ou cidades da Europa. Eu rodei boa parte do país e me surpreendi com a exuberância das diversas culturas e características específicas de cada lugar. Pegar um voo rápido e barato ou um ônibus/trem é muito fácil, e acredite, vale muito a pena!

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter e Instagram.