Concurso Internacional de comunicação científica seleciona brasileiros

Concurso Internacional de comunicação científica seleciona brasileiros

Andrea Tissenbaum

10 Fevereiro 2017 | 18h37

FameLab | Crédito: Divulgação

FameLab | Crédito: Divulgação

O FameLab, iniciativa do British Council, aproxima a ciência do público leigo por meio do desenvolvimento de competências de comunicação. 

Estão abertas as inscrições para um dos maiores concursos de comunicação científica do mundo, o FameLab. 

Idealizado pelo British Council para promover o diálogo entre cientistas e o público leigo, o FameLab incentiva o desenvolvimento das competências de comunicação entre pesquisadores. E aproxima a pesquisa científica do público em geral.

Presente em mais de 30 países, esta é a primeira vez que brasileiros poderão participar do evento. Isso se deve à parceria do British Council com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Para participar, bolsistas brasileiros de mestrado, doutorado, doutorado direto e pós-doutorado das áreas de Ciências da Vida (ou Ciências Exatas) e Engenharia devem enviar um vídeo divertido e dinâmico, direcionado ao público leigo, sobre um tema científico de sua escolha. Dispositivos eletrônicos (como Power Point), edição ou efeitos especiais não devem ser utilizados. O vídeo deve ser apresentado em inglês e português, com duração máxima de 3 minutos para cada versão.

As inscrições estão abertas até 24 de fevereiro e podem ser feitas no site do FameLab.

Um painel de jurados composto por cientistas e especialistas em comunicação vai selecionar 20 candidatos para a segunda fase. Nesta etapa, os participantes deverão subir ao palco e apresentar os temas científicos ao vivo para o público e júri. Dez pesquisadores serão escolhidos para a final nacional e passarão por um workshop exclusivo de comunicação científica com especialistas britânicos.

A final nacional do FameLab, aberta ao público, será realizada em 28 de abril. O vencedor vai representar o Brasil no Reino Unido. Entre 6 e 11 de junho, cientistas de diversos países se reunirão no Festival de Ciência de Cheltenham para a final internacional do evento.

>> Serviço
FameLab
Inscrições e regulamento no site. Aberto a cientistas de todo o território nacional
Prazo para inscrições: 24/02

Sobre o FameLab
Lançado em 2004 pelo Festival de Ciência de Cheltenham, na Inglaterra, o FameLab está presente em 32 países. Tem como objetivos promover a aproximação entre cientistas e público em geral e incentivar o desenvolvimento de competências entre pesquisadores. 

Sobre o British Council
O British Council é a organização internacional sem fins lucrativos do Reino Unido para
relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. Presente em mais de 100 países, trabalha com parceiros como governos, organizações não governamentais e iniciativa privada. Em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais.

Sobre o CNPq
O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica e tecnológica e incentivar a formação de pesquisadores brasileiros. Criado em 1951, desempenha papel primordial na formulação e condução das políticas de ciência, tecnologia e inovação. Sua atuação contribui para o desenvolvimento nacional e o reconhecimento das instituições de pesquisa e pesquisadores brasileiros pela comunidade científica internacional.

Sobre o CONFAP
O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa é uma organização sem fins lucrativos que tem por objetivo melhor articular os interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa. Criado oficialmente em 2006, o Conselho agrega fundações de 25 estados, mais o Distrito Federal.

Sobre a FAPESP
Criada em 1962, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) está entre as mais importantes agências de fomento à Ciência e Tecnologia do Brasil. Mantida pela transferência de 1% das receitas tributárias do Estado de São Paulo, a FAPESP apoia projetos de pesquisa científica e tecnológica propostos por pesquisadores ligados a instituições de ensino superior e pesquisa no Estado. Em todas as áreas do conhecimento.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Siga o Blog da Tissen no Facebook e no Twitter