Bolsas de estudo para ensino médio na América Latina

Bolsas de estudo para ensino médio na América Latina

Andrea Tissenbaum

25 Agosto 2015 | 08h59

Divulgação AFS

Divulgação AFS

A organização internacional AFS está oferecendo 15 bolsas de estudo parciais na América Latina para estudantes do ensino médio.

Para concorrer é preciso ter entre 15 e 18 anos (no dia do embarque); estar cursando o ensino médio, ter espírito voluntário; ter bom desempenho acadêmico (não ser repetente); e possuir conhecimento básico de espanhol. Alunos recém-formados também podem participar, desde que não estejam matriculados na universidade.

O bolsista deverá promover o destino ao retornar ao Brasil, promover o Brasil no país de destino e enviar um vídeo durante a experiência.

A bolsa tem duração de um semestre acadêmico e inclui passagem aérea internacional (ida e volta), seguro médico, hospedagem em casa de família, colocação em escola, livros escolares e transporte para a escola.

Paula Rosa, catarinense de 17 anos, morou por cinco meses na Costa Rica como bolsista do projeto ‘Viva – um outro lado da América Latina’, realizado pela AFS Intercultura Brasil e seus parceiros no continente. A jovem diz que a viagem foi além das expectativas, tendo sido muito bem acolhida pela família de voluntários do AFS na cidade de Palmares, região próxima à capital San Jose. “Eles me deram conselhos que vou levar para toda a vida. A Costa Rica é um país que tem por lema a expressão “pura vida”, que significa enfrentar as situações do cotidiano com mais leveza e tranquilidade. Tenho certeza que essas palavras ficarão gravadas em mim. Hoje, por ter vivido essa experiência, posso dizer que sou uma pessoa com hábitos e pensamentos muito melhores”, afirma Paula.

O programa oferece 10 bolsas no valor de US$ 500  (apenas a taxa de adesão) e 5 bolsas no valor de US$ 1000 (taxa de adesão + US$500 do programa).

Este ano o AFS oferece bolsas na Argentina/Uruguai (5 vagas); Colômbia (2 vagas); Costa Rica (4 vagas); Chile (2 vagas); Paraguai (2 vagas).

As inscrições devem ser feitas no site da AFS até o dia  30 de setembro.

Os interessados em participar do processo seletivo devem entrar em contato com o comitê local da região em que residem para ter acesso a informações sobre os pré-requisitos específicos. Consulte a lista completa de Comitês Locais AQUI.

Sobre o AFS
O AFS Intercultura Brasil é uma organização voluntária de intercâmbio não governamental e sem fins lucrativos, comprometida em oferecer oportunidades de aprendizagem intercultural. Fundada há 60 anos no país, está presente em 17 estados, contando com cerca de 800 voluntários.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Siga o Blog da Tissen no Facebook e no Twitter

Fonte: AFS