Dia a dia bilíngue na Educação Infantil

Dia a dia bilíngue na Educação Infantil

Do Colégio

20 Janeiro 2016 | 17h31

Estudos afirmam que a melhor época para aprender uma língua estrangeira é a infância. Quanto mais cedo o estudo de idioma começar, mais fácil será o aprendizado e, assim, mais rápidos e com mais base serão os benefícios.

O colégio Aprendendo a Aprender tem percebido isso na prática. Na escola o idioma já entra na grade como oficina, já para os menorzinhos. E isso faz toda a diferença.


Em 2016 haverá um aprimoramento. O Inglês será implantado para a Educação Infantil como rotina escolar. As crianças a partir dos 2 anos terão, além das disciplinas da grade curricular, o contato com a “nova” língua diariamente. Os alunos aprenderão inglês no dia a dia escolar.

Com aulas de 50 minutos, todos os dias do ano letivo, as atividades serão comandadas por um professor bilíngue, que utilizará somente a língua inglesa para se comunicar com as crianças. Desta forma, os alunos do Infantil I ao o 5º ano do Fundamental I terão contato diário e direto com os termos, estruturas gramaticais e vocabulário do Inglês, o que acelera e facilita o aprendizado.

Alunos terão aulas diárias com professores bilíngues. Foto: Daniel Guimarães

Alunos terão aulas diárias com professores bilíngues. Foto: Daniel Guimarães

Além disso, em plena era digital, para tornar o aprendizado mais interativo, o Aprendendo a Aprender fez uma parceria com a “SIMPLE – Bilingual Education”, assessoria que capacitará, ainda mais, os professores de inglês do colégio. A SIMPLE ainda disponibiliza um aplicativo, que pode ser baixado em smartphones e tablets, para professores e alunos.

Haverá, também, um “Teacher Online”, que estará disponível 8 horas por dia para tirar possíveis dúvidas. Todo o material pedagógico está digitalizado para facilitar o acesso das crianças.

Um ponto positivo a ser exaltado no ensino do inglês para as crianças é o estimulo que essas aulas promovem para outras disciplinas. Quando um pequenino estuda outro idioma, suas funções cognitivas são estimuladas, e, assim, o aprendizado de outras matérias é estimulado.