Startups de Educação: Boas Dicas (Parte 1 de 4)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Startups de Educação: Boas Dicas (Parte 1 de 4)

Newton Campos

12 Abril 2013 | 20h11

Equivocadamente, as startups de educação tendem a concentrar todos os seus esforços nos alunos e esquecem-se de enfocar nos professores e nas escolas já existentes.

Prólogo

Devo confessar aos leitores deste espaço que venho pensando em iniciar ou pelo menos colaborar mais ativamente com uma ou mais iniciativas empreendedoras no setor de educação. Normal, não? O momento é muito propício.

Como fã incondicional do setor, professor de empreendedorismo e diretor de e-learning de uma boa universidade europeia, tenho tido o privilegio de testemunhar, quase semanalmente, a criação de tentativas de inovar no setor, algo que vem ocorrendo simultaneamente em países de todo o mundo.

Venho compartilhando algumas destas iniciativas com os leitores deste blog, pois acredito muito na adaptação de alguns modelos de êxito às regiões do mundo de fala portuguesa.

Desta vez, portanto, tomei a liberdade de traduzir e resumir um artigo com o qual me identifico bastante e sempre releio para poder orientar meus alunos iniciando empresas no setor.

O artigo tem apenas 12 páginas e foi escrito pelos fundadores do Wikispaces.com, James Frey e Adam Byers, sendo publicado recentemente, ao final de 2012. Semana passada obtive a autorização deles para realizar esta tradução não-oficial de seu texto.

James Byers e Adam Frey, fundadores do Wikispaces

James Byers e Adam Frey, fundadores do Wikispaces

Publicarei esta tradução aqui, em 4 partes e o texto original, em inglês, estará disponível em link ao final do texto:
Parte 1: Introdução, Nossa Crença e Definindo Sucesso.
Parte 2: Sustentabilidade, Servir aos Alunos, Servir aos Professores e Servir às Organizações
Parte 3: Sucesso não é…, Paixão e Modelo de Negócio.
Parte 4: Marketing, Conexão e Valor.

PARTE 1

Como vencer no setor de Tecnologia aplicada à Educação
(How to Succeed in Ed-Tech, por James Frey e Adam Byers, Nov 2012)

Introdução

A maioria das atuais startups de tecnologia para a educação está condenada ao fracasso. “Como assim?!?” você pode pensar, “as startups de educação estão surgindo por todos os lados, todos os dias, trazendo inovação de verdade a um mercado tradicionalmente lento mas de vital importância… Estas empresas estão ganhando força, recebendo investimentos! ”

É verdade. No entanto, elas ainda estão condenadas ao fracasso. Embora qualquer empresa jovem enfrente este risco, a maioria das startups de educação da atualidade fracassarão:

• porque estão perseguindo uma oportunidade momentânea, sem possuir uma paixão verdadeira e comprometida pela educação;
• porque não têm um modelo de negócio que funcione com educação e têm receio de cobrar seus clientes;
• porque seus investidores têm expectativas de angariar consumidores tradicionais da Internet num mercado com dinâmicas completamente diferentes;
• porque é mais fácil construir novas tecnologias do que se envolver profundamente com alunos e professores para entender suas necessidades fundamentais.

Essa é a má notícia. A boa notícia é que alguns destes empreendedores serão incrivelmente bem sucedidos. Eles mudarão a face da educação. Mas não achamos que eles se parecerão muito aos seus colegas bem sucedidos no mundo dos consumidores clássicos de Internet.

Nossa Crença

Obviamente, você sempre poderá ter sucesso com apoio da sorte. Isso foi o que nos aconteceu no Wikispaces.com. Nós não começamos uma empresa de educação, mas através de uma combinação de bom momento e sorte, uma quantidade enorme de professores, estudantes, bibliotecários e técnicos educacionais começou a chegar ao nosso ambiente virtual em 2005. Nós os recebemos, os ouvimos atentamente, e adaptamos nosso produto e empresa para atender suas necessidades. Hoje estamos felizes em possuir mais de 13 milhões de usuários registrados e mais de 35 milhões de visitantes mensais.

Ao longo do caminho formamos uma opinião forte sobre o que sucesso significava para nós, e fizemos uma lista de características que acreditamos serem cruciais para o sucesso de empresas de tecnologia aplicada à educação. Estamos compartilhando o que aprendemos, porque a oportunidade de melhorar a educação através da tecnologia é enorme, grande o suficiente para multiplicar em muitas vezes o número atual de empresas no setor. Tomadas em combinação, essas características são contrárias a grande parte do que se pensa no Vale do Silício sobre este mercado. Esperamos que estas jovens startups, que hoje atuam no setor de Educação, considerem este caminho alternativo.

Algumas palavras de advertência. O universo da educação é enorme. Nós não acreditamos que seja produtivo debater sobre temas tão amplos como fat startup versus lean startup, startup com ânimo de lucro versus startup social ou mercado versus governo sem um contexto apropriado. Nossa perspectiva vem de nossa experiência na construção de uma tecnologia como serviço para um público de educação composto por cerca de dois terços educação primária, um terço ensino superior e cerca de dois terços nos Estados Unidos. Quanto mais distantes sejam seus produtos e seus mercados deste aqui descrito, menos aplicáveis estas características serão para você.

Definindo o sucesso

Nós definimos o sucesso no setor de tecnologia aplicada à educação como a construção de uma organização sustentável que melhora os resultados dos alunos, capacita professores, e aumenta o alcance e a eficiência das instituições de ensino.

Esta é a nossa definição, e é pessoal. Você pode ter uma definição muito diferente do que sucesso significa para você. Por exemplo, muitas startups recentes e notáveis tentam chegar a alunos de todas as idades diretamente, sem qualquer envolvimento institucional.

Link para o artigo original completo (em inglês): https://www.edsurge.com/n/how-to-succeed-in-ed-tech

***

Para mais info (em inglês):
Meu Twitter (education): @neweduca
Meu Twitter (emerging economies): @emergeconomies
Meu Facebook: https://www.facebook.com/newton.campos.phd
Minha Home Page: http://www.newtoncampos.com