O evento LearnFest da CampusParty em 10 frases
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O evento LearnFest da CampusParty em 10 frases

Newton Campos

15 Fevereiro 2014 | 15h26

Tinha escrito este post há algumas semanas mas por uma falha técnica não tinha sido publicado. Aqui vai.

Entre os dias 30 de Janeiro e 1o de Fevereiro ocorreu em São Paulo a LearnFest, evento que aconteceu dentro da CampusParty, voltado exclusivamente para o assunto tecnologia para a educação. Infelizmente não pude ir pois estive bastante desconectado desde o réveillon, escrevendo meu primeiro livro, sobre empreendedorismo e inovação.

LearnFest 2014 na CampusParty

Um amigo, entretanto, interessado no setor, esteve por lá e registrou/registou tudo, enviando-me suas anotações. Entre quatro páginas de anotações inspiradas nos diversos especialistas que passaram por lá, destaco os seguintes 10 pontos que mais chamaram minha atenção:

1) Estima-se que aproximadamente 1% da população mundial é composta por professores.

2) O mercado da educação tende apenas a aumentar, pois cada vez mais desejaremos e precisaremos aprender por toda a vida (life long learning).

3) Na maioria dos países, os gestores da educação são mais velhos ou idosos, sentindo-se muitas vezes intimidados pelas novas tecnologias.

4) Num futuro não tão distante, a internet será como a eletricidade, onde quase todos terão acesso. Mas o Brasil ainda vai bem atrasado nesta corrida.

5) Com a internet universalizando-se, os principais problemas recairão sobre a produção de conteúdo e a formação de professores.

6) A chave de uma educação de qualidade continuará estando nos professores, pois se o conteúdo fosse o mais importante, “os bibliotecários já teriam dominado o mundo” (em tom de ironia, obviamente).

7) Em grande parte do mundo nos encontramos com escolas do século 19, professores do século 20 e alunos do século 21. Esta combinação tem gerado e continuará gerando problemas.

8) Mais de 80% da educação no Brasil está nas mãos de governos. Não há como as startups de educação e tecnologia ignorá-los. Todos terão que trabalhar juntos.

9) No Brasil já rompemos um paradigma importante: hoje, todas as classes sociais valorizam e desejam mais e melhor educação. Isso não eram assim há anos atrás.

10) As melhores soluções parecem estar em modelos de educação híbridos (blended), com a combinação de aulas presenciais, aulas a distância, atividades presenciais em grupo e atividades a distância em grupo, além do uso de diversas metodologias e conteúdo em diversos formatos.

***

Para mais info (em inglês):
Meu Twitter (sobre assuntos relacionados a educação): @neweduca
Meu Twitter (sobre assuntos relacionados a empreendedorismo): @phdnew
Meu Facebook: https://www.facebook.com/newton.campos.phd
Minha Home Page: http://www.newtoncampos.com