A informática dominará o processo educativo.
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A informática dominará o processo educativo.

Newton Campos

08 Novembro 2012 | 15h54

Caramba. Muitas coisas acontecendo no mundo da educação. Conto-lhes e analiso dois fatos que vivi nestas últimas semanas apressadas que tenho tido por aqui:

1) Leciono uma matéria por semestre aqui em minha universidade intitulada “Entrepreneurship in Emerging Economies”. Os alunos são jovens de 26 a 31 anos provenientes de todas as partes do mundo.


Este ano tenho 54 alunos de 30 países. Quase todos têm projetos que poderiam ser tornar um negócio em breve. Calculo que destes, pelo menos 20% querem começar algo na área de educação. Sei que em muitas turmas de MBA pelo mundo e em muitas incubadoras de negócios isso também está acontecendo. Isso não era assim antes…

2) Antes de começar a matéria, contato com ex-alunos da universidade que há alguns anos tinham projetos empresariais para saber se aceitam explicar para os alunos atuais – através de videoconferências – como evoluíram estes projetos. Dos oito ex-alunos que contatei, vivendo em países como Turquia, Egito, Índia e Romênia, três decidiram começar projetos na área de educação (e seus projetos têm boas perspectivas). Isso não era assim antes…

Alunos no século 21.

Universitários de primeiro ano nos EUA. Foto de Will Richardson.

O que está acontecendo? No mundo da informação massiva e bidirecional os produtos valem cada vez menos. Até os diamantes perdem valor quando sabemos das histórias trágicas que existem por trás deles.

Tal como a informação monopolizada do passado, a informação massiva e bidirecional também constrói e destrói marcas, constrói e destrói mitos, constrói e destrói líderes. Mas se antes essa informação era passível de manipulação por parte de algum membro da cadeia de valor destas organizações, cada vez mais isso se torna possível também em grande escala e por mais e mais pessoas e organizações (sejam elas grandes e poderosas ou não).

Quem sabe adquirir, manusear e transmitir adequadamente a informação, ganha espaço e ganha mercado, independentemente do setor em que atua.

Com a internet, estamos aprendendo a manusear e transmitir a informação de forma muito mais inteligente, apesar de toda a falta de coordenação que naturalmente se instalou.

Ora, a informação sempre foi a matéria prima da educação, tal como é também do jornal, do rádio e da TV. A consequência da informatização da educação se torna então obvia: muito mais gente se torna apta a ensinar (o que é diferente de educar).

Daí os projetos educacionais que pululam por todo o mundo. Alguns deles são tão interessantes e tão inovadores na forma de transmitir informação útil que me fazem perceber que realmente ainda vivemos num mundo extremamente atrasado intelectualmente. Muito está por ser feito nessa área.

As escolas e os meios de comunicação que se limitem a comprar e vender informação deixarão de ter utilidade e de existir. No novo processo educativo, extremamente informatizado, agregará valor ao processo apenas quem puder fazer correlações que convertam esta informação em conhecimento.

Até o final deste século nossos netos verão claramente como éramos limitados em 2012.

Nota adicionada em 10/Novembro/2012: Após lerem esta postagem, alguns amigos comentaram: Como assim “dominará o processo educativo?” Basta ver a foto para perceber que já dominou, não? Na verdade, quando afirmo que “dominará”, no futuro, o faço desde o ponto de vista conceitual e estrutural. Conceitualmente e estruturalmente quase nada mudou: ainda seguimos os processos que seguíamos há centenas de anos. A própria foto que procurei para ilustrar o fenômeno nos remete a um conflito atual entre o modelo antigo e o novo. No modelo antigo uma pessoa falava e cem escutavam. No modelo novo cento e uma pessoas devem falar e escutar. O processo de aprendizagem será diferente. Ainda não descobrimos de que forma, mas certamente será. Estes novos empreendimentos que surgem pelo mundo ajudarão a alterar o status quo do processo em poucas décadas.

Observação importante adicionada em 10/Novembro/2012: O evento Conecta – Tecnologias Educacionais 2012, organizado pela FIRJAN do Rio de Janeiro promete contribuir para este debate ganhar força no Brasil: Conecta – Tecnologias Educacionais 2012

***

Para mais info (em inglês):
Meu Twitter (education): @neweduca
Meu Twitter (emerging economies): @emergeconomies
Meu Facebook: https://www.facebook.com/newton.campos.phd
Minha Home Page: http://www.newtoncampos.com